CLIQUE AQUI PARA EXPANDIR E SABER MAIS
  Cultura

Tour Urbano no Setor Histórico e Cultural de Caçapava do Sul

20/05/2017 17:50
 

Foto: Divulgação

Para olhar, contemplar e refletir sobre a história e cotidiano que o Museu Caçapavano promoveu um passeio no setor cultural de Caçapava do Sul para celebrar o Dia Internacional dos Museus, comemorado mundialmente no dia 18 de maio. 

O slogan do Museu Caçapavano é “Memória, Identidade e Cotidiano” e no passeio foi tomado de sensações pelos participantes ao visitar lugares de significativo cunho histórico-cultural da cidade. 

O passeio teve início na esquina efervescente na época farrapo e na primeira metade do século XX, atualmente parte das edificações em ruínas, localizada na Rua Borges de Medeiros com a Rua Sete de Setembro, onde se localiza a Casa dos Ministérios, o Club Recreativo 1° de Maio, a Casa Borges de Medeiros e a Igreja Matriz Nossa Senhora da Assunção.

A seguir, o grupo circulou no Largo Farroupilha, com vistas ao Instituto Estadual de Educação Dinarte Ribeiro e ao Clube União Caçapavana, a Praça Rubens da Rosa Guedes e visitou a parte interna da Igreja Matriz Nossa Senhora da Assunção, onde foi relembrado a recente revelação dos sinos missioneiros.

O Centro Municipal de Cultura Arnaldo Luiz Cassol e o foi o terceiro ponto de visitação, onde o grupo foi recebido pelos responsáveis da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, com explanação do Museu Municipal Lanceiros Negros.

Com o circuito das águas, que inclui a Fonte do Conselheiro, o Parque da Fonte do Mato e a Pipa do Noca, prosseguiu-se o passeio finalizando, neste ponto, com o CTG “Sentinela dos Cerros”.

O Forte D. Pedro II foi a penúltima paragem e finalizou-se o Tour com um café oferecido pelos anfitriões da Chácara do Forte.

Este evento fez parte da 27° Feira do Livro de Caçapava do Sul, teve apoio da Unipampa, e contou com a presença de representantes de projetos ligados ao setor de cultura e turismo e da educação de Caçapava do Sul e da Arquiteta e Escritora Liana Timm, que presenciou o Museu Municipal Lanceiros Negros.


Foto: Divulgação

Farrapo