Região

Ferimento de faca pode ter causado a morte de criança de 2 anos, diz delegado

22/07/2019 10:41
 

A Polícia Civil de São Gabriel segue investigando o caso da criança de 2 anos que foi encontrada morta próximo a um açude, na manhã de sábado, em São Gabriel. Kauany Vitória Rodrigues Veloso estava com ferimentos no pescoço. A mãe chegou a dizer que a menina teria sido atacada por um cachorro. Conforme o delegado José Bastos, responsável pela investigação, a versão é descartada pela polícia. Segundo ele, os ferimentos devem ter sido causados por uma faca.

- Por ora, descartamos que ela tenha sido atacada por um cachorro. O laudo da perícia, que deve ficar pronto em 10 dias, vai confirmar a causa da morte, mas é muito provável que os ferimentos sejam de faca. Temos algumas suspeitas, mas não podemos adiantar nada para não comprometer a investigação - relata do delegado.

Ainda segundo Bastos, já há uma linha de investigação para o caso. Nesta segunda-feira, ele deve ouvir novamente a mãe, familiares e vizinhos da casa onde foi encontrada a menor sem vida. Desde sábado, sete pessoas já foram ouvidas pela investigação. 

O corpo de Kauany foi sepultado na manhã de domingo no Cemitério Municipal de São Gabriel.

Segundo o delegado, Kauany estava em casa junto de outra criança. Ambas estavam sob os cuidados de dois adolescentes, na noite de sexta-feira. A mãe da vítima, de 24 anos, estava em outra casa.

Na madrugada, os adolescentes deram falta de Kauany e começaram a procurar por ela encontrando-a somente por volta das 7h do sábado, perto de um açude que fica próximo a residência onde estavam, no Bairro Santa Clara.

De acordo com Bastos, a menina já foi encontrada sem vida e com ferimentos no pescoço. A Polícia Civil instaurou um inquérito para investigar a morte, e a perícia deve indicar detalhes do que provocou o ferimento.

Fonte: Diário de Santa Maria