Educação

Educador de Portugal, criador do método Escola da Ponte volta a Caçapava

 

Foto: Reprodução

 O palestrante internacional, um dos maiores nomes da pesquisa educacional do mundo, Mestre de Educação e Ciência, de Portugal, José Pacheco, criador do método Escola da Ponte volta a Caçapava do Sul, neste fim de semana, para finalizar o Projeto que a Unipampa vem desenvolvendo em parceria com a Secretaria de Educação, chamado “Escola de Transição.

Pacheco, que fez, também a convite da Unipampa e Prefeitura Municipal, a abertura do ano Letivo 2019 em Caçapava do Sul, estará em Caçapava do dia 15 a 17 deste mês, onde desenvolverá atividades com a equipe pedagógica, alunos e comunidade de quatro escolas do município: APAE e Eliana Bassi de Melo (sábado manhã e tarde) e São João Batista e Maria José da Rosa (domingo manhã e tarde).

Pacheco é criador da Escola da Ponte, que é baseada em três valores principais: a liberdade, a responsabilidade e a solidariedade, e em nada se assemelha às escolas comuns. Diferentes dos modelos tradicionais, seu método propõe escolas sem turmas ou ciclos, provas, reprovações e sem campainhas que delimitam os horários. O método, inovador, tem demonstrado bons resultados com alunos e tem sido copiado em diversas escolas de diversos países e é um dos pilares do Projeto Escola em Transição.

Professor, pedagogo e pedagogista, Nascido em Porto, Portugal, Pacheco se tornou conhecido ao fundar a Escola da Ponte em 1976. Licenciado em Ciências da Educação, especialista em Leitura e Escrita, e mestre em Educação da Criança pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto, ele mora desde 1997 no Brasil e foi investigador do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), no Projeto Brasília 2060, além de atuar junto ao Ministério da Educação, fazendo parte do grupo de Trabalho de Inovação e Criatividade da Educação Básica.

Comunicação da Prefeitura / Caçapava do Sul




Topo