Opinião

Rumo ao próximo Enem - Leia o artigo do professor Edison Krusser

Por farrapo.rs
18/11/2019 09:44
 

É tempo de conversarmos sobre isso.

O exame nacional do ensino médio tem a ideia classificatória dos estudantes para a preferência na ocupação de vagas no ensino superior oferecidas pelas instituições que elegeram essa modalidade como um instrumento válido para tal.

O que se está examinando são conhecimentos construídos ao longo de toda trajetória estudantil e que constitui um modo próprio de estudar, entender e conhecer os conteúdos curriculares postos.

O Enem não é exatamente uma loteria onde contamos exclusivamente com a sorte, então precisamos de certo grau de comprometimento, que está para além da nossa educação conteudista e que não prescinde de uma formação permanente e especializada para o objetivo que pretendemos.

A escola de ensino médio, que além de apresentar sua grade curricular protocolar, também estrutura suas atividades para os exames pré-universitários. Assim, constituirá um aluno apto a escolher o curso superior de sua vocação.

Para chegar no dia do exame com boas possibilidades de sucesso é preciso considerar, entre outras, as variantes indicadas a seguir:

Adotar uma boa estratégia de estudos, que conte com um planejamento que contemple a organização do tempo e o foco nos conteúdos. Portanto, estabelecer horários que tenham viés de hábito saudável na sua rotina de vida.

Estudar certo é pesquisar, por exemplo, em edições anteriores do exame, identificando quais e como os conteúdos abordados assumem protagonismo em cada uma de suas respectivas áreas.

Para além da leitura é preciso que se desenvolva a aptidão de entendimento e reflexão acerca do lido. Isso instrumentaliza a capacidade argumentativa e autoriza a condição interpretativa, facilitando a identificação da abordagem trazida para a redação e das assertivas propostas.

Discutir com colegas (trabalho em equipe), os principais temas do momento. Para os períodos de “distração” é aconselhável assistir vídeos/documentários, ler jornais, artigos e revistas temáticas (papel e on-line).

Acesse bibliotecas públicas e tenha a internet como aliada (excluindo-se, claro, as redes sociais e os jogos viciantes).

Eleja suas metas de estudo baseadas em método de anotação e marcação de tópicos que possam ser resumidos, reacessados, revistos, facilitando a mentalização.

Respeite seu organismo e estude em horários que lhe sejam mais confortáveis, praticando uma proporção quantidade que racionalize a qualidade e lhe mantenha em estado positivo de motivação, eficiência e concentração.

Mantenha-se equilibrado quanto ao descanso, ao sono, aos exercícios físicos e à alimentação.

A sensação de segurança (que elimina a ansiedade) é diretamente proporcional e virá gradualmente desde sua organização e das metas e objetivos traçados passo a passo.  

Use incondicionalmente a sua família (ela adora isso!) para a eliminação de seus medos e o fortalecimento de sua autoestima.

Desafie seus limites. Beire as utopias. Brinde à sua sorte desde sua competência.

Abraços e até breve!

Prof. Edison Krusser
*Mestre e Doutorando em Educação pela Universidade de Santa Cruz do Sul – UNISC.
E-mail: earank@farrapo.com.br


Por farrapo.rs

Farrapo




Topo