Cidade - Folia

Vai ter Carnaval de rua em Caçapava do Sul

Por Eduardo Schneider
30/01/2019 10:58
 

Corte do Carnaval de Caçapava do Sul (Foto: Prefeitura Municipal)

A folia de Carnaval está garantida em Caçapava do Sul. O evento está marcado para ocorrer entre os dias 2 e 5 de março com um desfile das escolas de samba na rua 15 de Novembro.

A confirmação foi feita pela Prefeitura nesta terça-feira, 29. A programação, no entanto, começa no dia 15 de fevereiro com o baile da escolha da Corte. Também farão parte, o Rei Momo e a Rainha da Melhor Idade, além do Rei Momo e a Rainha Especial.

O baile da escolha da Corte será realizado no Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, a partir das 20h30min. O valor da entrada será R$ 7,00. O dinheiro arrecadado será destinado às escolas de samba do município.

Modelo de camiseta em homenagem a carnavalesca Maria Isabel (Foto: Divulgação)
A data do único desfile ainda não foi decidida. Deverá ser realizado no dia 2 de março ou 5 de março com participação da Escola Unidos da São João e da Escola Unidos da Vila Sul. O bloco está confeccionando camisetas e preparando uma homenagem à carnavalesca Maria Isabel Pedroso (in memoriam).

Como de tradição, o desfile vai acontecer na rua 15 de Novembro, em direção ao Largo Farroupilha, onde ficarão o palco e a praça de alimentação, que terá alguns estandes destinados as escolas de samba.

O lonão e as atrações artísticas ainda não foram confirmados. Estão previstos quatro bailes adultos (das 23h às 3h30min) e dois bailes infantis (das 18h às 20h).

Segundo o secretário de Turismo, João Timotheo Machado, o orçamento estimado para a realização do Carnaval é de R$ 123 mil. O recurso será destinado para pagamento da estrutura, sonorização, atrações e serviço de segurança. A expectativa é de que o edital seja lançado na próxima terça-feira, 5 de fevereiro.

Conforme o secretário, as escolas de samba não vão receber recursos da Prefeitura porque não regularizaram a documentação. Salientou que neste ano foram feitas várias reuniões com os dirigentes das escolas para prestar orientação e esclarecer dúvidas, e que a Secretaria de Turismo está à disposição.


Por Eduardo Schneider

Farrapo




Topo