Televisão

Desligamento do sinal analógico em Caçapava será somente em 2023

Por Eduardo Schneider
26/01/2018 11:18
 

Foto: Reprodução

Apesar de propaganda massiva da mídia para migração do sinal analógico ao sinal digital de televisão, os caçapavanos ainda não precisam se preocupar com a troca de equipamentos. É que de acordo com o site Seja Digital, o prazo de desligamento do sinal analógico em Caçapava do Sul vai até o dia 31 de dezembro de 2023.

Significa que nos próximos cinco anos, ainda haverá sinal analógico no município, não havendo necessidade de compra do conversor ou antena digital. Atualmente, a cidade tem transmissão do sinal analógico de quatro canais: RBS TV, SBT RS, Band RS e TVE RS.


Cenário diferente na região metropolitana

A realidade é bem diferente para a população da região metropolitana e de mais 88 cidades gaúchas. Nestas regiões, o sinal analógico de televisão será desligado no dia 31 de janeiro de 2018. Após o desligamento, os canais abertos de televisão serão transmitidos apenas pelo sinal digital.


O que muda


Para quem tem televisão de tubo ou de tela plana (LED, LCD ou Plasma) sem o selo DTV, terá que adquirir um conversor e antena digital para assistir os canais em sinal digital.
O novo sinal oferece imagem mais nítida, som de melhor qualidade e imagem sem ruídos e interferências. Para saber as cidades que já tem sinal digital clique aqui.


A TV Digital e o 4G


De acordo com o site Seja Digital, o desligamento do sinal analógico irá liberar a faixa de 700Mhz para que a oferta de internet 4G possa ser expandida por todo o país.

O 4G é uma das tecnologias para telefonia móvel mais avançada e permite que dispositivos como celular, smartphone, laptops e tablets acessem a internet com velocidades muito mais rápidas. A cobertura do sinal 4G em ambientes fechados também é muito melhor, quando usada à faixa de 700 MHz.

A expansão do 4G em 700 MHz vai favorecer todo mundo, seja o cidadão que usa seu smartphone para se divertir com vídeos, músicas e redes sociais, ou para os estudantes, empresários e empreendedores que precisam acessar a internet de qualquer lugar com rapidez e qualidade.


Por Eduardo Schneider

Farrapo






Topo