Opinião

Poema da semana: "Pescador do Rio Doce", de Marizette Dotto

Por farrapo.rs
04/02/2019 09:30
 

Marizette Dotto Cientista Social – Especialista em Gestão da Cultura

Escrevo porque acredito que o impossível pode ser possível.

Teu sorriso já não existe.

Outros homens mataram os peixes!

 

O rio, agora, é amargo. 

Predomina o cheiro hediondo da ganância...

Foi-se o perfume da esperança!

 

Cadê o pão?

Cadê a justiça?

Onde antes havia vida, somente tua lágrima vive!

 

Sem margens para sonhar...A morte faz morada! A fome ronda o rio!

 

Pescador do Rio Doce,

tua lágrima é o que existe!

Injustiça persiste.

 

 Marizette Dotto

26.11.15 


Por farrapo.rs

Farrapo