Polícia

BM localiza cadáver no Rio Jacuí entre Cachoeira e Rio Pardo

22/03/2019 15:32
 

Foto: 2º BABM/Divulgação/O Correio

Policiais militares do 2º Batalhão de Ambiental da Brigada Militar localizaram na tarde desta quinta-feira (21) o corpo de um homem ainda não identificado no Rio Jacuí, localidade de Bexiga, no limite entre Cachoeira do Sul e Rio Pardo. O cadáver é de um homem mulato, com tatuagens e com idade aparente de aproximadamente 35 anos. As tatuagens são de duas coroas no peito e estrelas em pelo menos uma das panturrilhas.

De acordo com o tenente Adriano Silva, comandante do 2º Grupo de Polícia Ambiental de Cachoeira do Sul e Rio Pardo, o corpo apresentava sinais de violência e estava completamente nu. O cadáver estava boiando em meio a redes de pesca.

A Polícia Civil de Rio Pardo foi comunicada pelos PMs. O 2º BABM adotou os demais procedimentos para liberação do corpo, que será submetido a perícia para identificação e também apontar oficialmente as causas do óbito.


Peixes e material de pesca apreendidos


Ao longo do dia, os PMs do 2º GPA e do 2º BABM fizeram uma varredura pelo Rio Jacuí, com 10 policiais distribuídos em duas embarcações que partiram simultaneamente de Cachoeira e Rio Pardo para combate à pesca predatória.

A operação teve como saldo a apreensão de mil metros de redes de pesca e dezenas de peixes de diferentes espécies apreendidos e soltos, além de pescados sem condições de devolução ao meio ambiente que foram encaminhados para destruição. Quatro homens sem registro de pescador profissional foram identificados e vão responder por crime ambiental na Justiça. Um quinto indivíduo fugiu do local sem ser identificado.

Ao todo, foram abordadas 11 embarcações e oito acampamentos. A operação foi comandada pelo tenente Adriano Silva e pelo sargento Roberto.


Fonte: O Correio

Farrapo