Polícia

(Atualizada) Polícia prende mulher suspeita da morte do empresário Dalvi Melo Dias

24/07/2019 09:48
2019-07-24 09:48:06
 

Na tarde desta segunda-feira, dia 22, o Delegado de Polícia Substituto de Caçapava do Sul, Laurence de Moraes Teixeira, convocou a imprensa para uma entrevista coletiva, no qual repassou detalhes do termino da investigação aberta para apurar a morte do empresário Caçapavano, Dalvi Melo Dias, 66 anos, ocorrido no dia 02 de setembro de 2018, na região do Rincão de Lourdes, interior de Caçapava do Sul. O corpo do empresário foi encontrado em um arroio, próximo a sua propriedade rural. 

Segundo o Delegado, após quase 10 meses de investigação, a Polícia concluiu que Dalvi Melo Dias foi vítima de homicídio, levando pancadas na cabeça antes de cair no arroio, ou seja, a causa da morte conforme a perícia não foi por afogamento, e sim pelos golpes que acabou levando na região do crânio.

Com o inquérito finalizado, a Polícia solicitou a justiça a prisão preventiva da principal suspeita do homicídio, no qual foi acatado pelo Juiz. Com a decisão judicial na mão, a Polícia prendeu na manhã desta segunda-feira, dia 22 a acusada Leanir Marques de Souza, 51 anos, que foi indiciada formalmente por homicídio qualificado e ocultação de cadáver. A Polícia também fez busca e apreensão na casa da suspeita.

Confira o vídeo com a entrevista do Delegado Laurence de Moraes Teixeira.


Delegado concedeu entrevista no início da tarde