Mundo

Irã alega que abateu avião ucraniano com 176 pessoas a bordo por engano

Por farrapo.rs
11/01/2020 11:16
 

O presidente do Irã, Hassan Rouhani, afirmou hoje (11) que o país "lamenta profundamente" ter abatido um avião civil ucraniano. Ele foi informado ontem (10) das investigações e disse que a informação fosse tornada pública.

O governo iraniano alega que o avião ucraniano foi confundido com um míssil de cruzeiro. As 176 pessoas que estavam a bordo do Boeing 737 da companhia Ukrainian Airlines, morreram. O avião decolou de Teerã, com destino a Kiev, caindo dois minutos após a descolagem nos arredores da capital iraniana.

Diante da tragédia envolvendo a companhia aérea do país, o presidente ucraniano exige que o Irã assuma inteiramente as responsabilidades. Volodymyr Zelenskiy descreveu que espera que o Irã traga os responsáveis à Justiça, entregue os corpos, pague uma indemnização e faça desculpas oficiais através dos canais diplomáticos.


Por farrapo.rs

Farrapo




Topo