Economia

RS tem saldo positivo de empregos pelo terceiro mês seguido

30/10/2020 09:30
 

O Rio Grande do Sul teve saldo positivo de 15.760 vagas de emprego em setembro, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quinta-feira, pelo Ministério da Economia. Foi o segundo melhor resultado do ano, atrás apenas de fevereiro, e o terceiro mês consecutivo de saldo positivo de novos empregos, com ritmo crescente: em julho haviam sido 1.918, e em agosto, 7.228.  

Em setembro no Rio Grande do Sul, foram admitidos 85.172 trabalhadores e demitidos 69.412. Puxaram o resultado positivo os setores da indústria (7,5 mil contratações), do Comércio (4,5 mil) e dos Serviços (2,3 mil). 

Em todo o 2020, porém, o saldo é negativo em 74.445 empregos com carteira assinada. Dos nove meses já computados pelo Caged, o desempenho gaúcho foi positivo em cinco, mas entre março e junho houve forte redução no número de trabalhadores, principalmente em abril – mês marcado pelas medidas de distanciamento –, quando houve 79,5 mil mais demissões do que admissões no RS.

O desempenho acumlado do ano faz com que o RS tenha o terceiro pior resultado do país, atrás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro, que fecharam, respectivamente, 209,8 mil e 181,5 mil postos de trabalho.  

Brasil cria 313,5 mil vagas 

Em setembro, o Brasil criou 313.564 vagas formais de trabalho – fruto de 1.379.509 admissões e 1.065.945 desligamentos no período. Foi, como no RS, o terceiro mês consecutivo com mais contratações que demissões. O resultado é também o melhor para meses de setembro desde 2010.

Em 2020, no entanto, o saldo de empregos formais segue negativo, com 558.597 demissões a mais que admissões, entre janeiro e setembro.

 

 

Correio do Povo



Topo