Educação

Projeto Bombeiro Mirim será desenvolvido em Caçapava do Sul neste ano

Atividades serão realizadas na Escola Januária Leal e devem iniciar em junho

18/04/2019 09:39
 

Atividades serão desenvolvidas pelo 2º sargento Paulo Jaderson Dias da Silva e o Soldado Marcio Altieres de Lima Teixeira (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul (CBMRS), com sede em Santa Maria, realizou na manhã de sexta-feira, dia 12, a primeira reunião sobre o Projeto Bombeiro Mirim 2019. Na ocasião, foi confirmada a realização das atividades em Caçapava do Sul.

Durante a reunião foi apresentado o projeto e os seus objetivos para que os bombeiros militares possam executar um bom trabalho durante as atividades do projeto nas comunidades em que os pelotões estão inseridos. Pela primeira vez o projeto será realizado em todos os Pelotões de Bombeiro Militar (PelBM) da área de ação do 4º Batalhão de Bombeiros Militar.

O Projeto Bombeiro Mirim destina-se a crianças entre 10 e 12 anos, crianças do ensino fundamental de escolas estaduais e municipais. O objetivo é promover a difusão da informação e conhecimentos para melhorar a percepção de riscos, a prevenção de incêndio e a conduta adequada em caso de emergências.

A proposta curricular abarca disciplinas de cidadania e civismo, prevenção de acidentes, preservação do meio ambiente entre outras, além da prática de esportes, brincadeiras e outras atividades lúdicas. O propósito é formar gerações comprometidas com a segurança em todos os seus aspectos.

No 2º Pelotão de Bombeiro Militar (2ºPelBM), de Caçapava do Sul, as atividades serão desenvolvidas pelo 2º sargento Paulo Jaderson Dias da Silva e o Soldado Marcio Altieres de Lima Teixeira. Segundo Stock, as aulas no município serão realizadas na Escola Estadual Professora Januária Leal. A previsão é de que inicie no final no mês de junho.


Busca por patrocínio


Quanto à seleção dos alunos, a intenção e contatar a Secretaria Municipal da Educação para auxiliar no processo. Conforme Stock, nessa fase os Militares estão em busca de patrocínio, recursos que poderão serem abatidos no imposto de renda pelos parceiros. Interessados em contribuir com este projeto social devem entrar em contado diretamente no Quartel ou através do telefone 3281-5144.  Salientou ainda que o êxito do projeto depende das parcerias.

Farrapo




Topo